Exames

Ultrassonografia endo vaginal, endo anal e endo retal Tridimensional

A Ultrassonografia  endo anal e endo retal Tridimensional(US 3D) é um novo e moderno método de imagem para auxílio diagnóstico em coloproctologia. Este exame permite a avaliação de todos os distúrbios da defecação, avaliação da musculatura esfincteriana nos casos de incontinência anal, avaliação de retoceles, fístulas anais complexas e implantes de endometriose. Na área da oncologia, permite também o estadiamento detalhado do câncer de ânus e reto, o que atualmente, tem permitido novos protocolos de tratamento para este tipo de câncer. As imagens obtidas são muito precisas e equivalentes às imagens de uma ressonância.

Retossigmoidoscopia

Este é um exame endoscópico que permite a avaliação de todo o reto, sigmóide, podendo alcançar também o cólon descendente. Tem como vantagens ser indolor e poder ser realizado no consultório sem sedação.

Colonoscopia

examescolonoscopia

A colonoscopia é o método endoscópico através do qual o médico examina todo o interior do intestino grosso. A imagem é obtida com a introdução do endoscópio através do ânus, o que torna possível visualizar todos os segmentos do intestino grosso ou cólon: reto, sigmóide, colon descendente, tranverso, ascendente, ceco e a parte terminal do intestino delgado, também conhecida como íleo terminal.

É considerado o método de escolha para o diagnóstico de doenças do cólon, como a doença diverticular, a doença inflamatória, os pólipos e o câncer. É um exame fundamental na prevenção do câncer do intestino em indivíduos saudáveis que possuem histórico familiar deste tipo de câncer. Isto porque além de permitir diagnosticar o câncer na fase precoce, na qual ainda é curável, possibilita a retirada de lesões com potencial de malignização.

Durante a colonoscopia, podemos encontrar pequenas elevações da mucosa também conhecidas como pólipos. A retirada dos pólipos é um procedimento chamado de Polipectomia. Esta pequena “cirurgia” endoscópica permite a prevenção do câncer intestinal, uma vez que alguns pólipos podem ter um potencial para se tornarem malignos.

A polipectomia tem como possíveis complicações o sangramento, a perfuração do intestino ou o que chamamos de “síndrome pós-polipectomia”, que consiste em sintomas como dor e distensão. Felizmente, tais complicações são raras quando o procedimento é realizado por profissionais especializados e experientes.

O sangramento poderá ocorrer caso o paciente esteja usando medicação anti-coagulante. A perfuração em geral relaciona-se a pacientes com inflamação grave do intestino. Sendo assim, são complicações facilmente evitáveis pelo médico especialista.

O passo a passo

O preparo ou limpeza adequada do cólon é fundamental para a realização deste exame: é necessário que o seu intestino esteja livre dos resíduos fecais. Portanto, é necessário que nos dois diasque antecedem o exame o paciente faça uma dieta sem resíduos, pobre em fibras (alimentos crus, cascas, verduras, frutas).

A preparação continua com o uso de líquido laxante, que o paciente deverá tormar na véspera ou no dia do exame. Isto fará com que o cólon seja esvaziado através de evacuações. Este preparo poderá ser realizado em casa (nos indivíduos jovens e saudáveis) ou com o paciente internado durante um período de 6 a 12 horas (pessoas com mais de 50 anos, portadores de diabetes, hipertensão etc.).

O exame é realizado sob monitorização cardíaca e anestesia venosa, controlada por um médico anestesista. Após o exame, o paciente permanece em repouso por um período de 1 a 2 horas, faz um lanche e recebe alta hospitalar.

Manometria Anorretal

A manometria é um exame simples, indolor, que não requer jejum ou sedação venosa. Tem como objetivo principal a mensuração das pressões dos músculos do esfíncter anal. Além disso, fornece informações importantes para a avaliação da capacidade do reto servir como um reservatório e da sua sensibilidade à diferentes estímulos. Um fino cateter de material maleável é introduzido através do ânus e em seguida o paciente é solicitado a acionar a musculatura pélvica e anal, realizando movimentos de contração voluntária e expulsão. O cateter é acoplado a um sistema de perfusão que mede a pressão muscular e a transmite para um polígrafo e para um computador onde as pressões são registradas. O exame dura em média cerca de 20 minutos e como preparo necessita apenas de uma lavagem retal, realizada 2 horas antes do teste.

Tempo de Trânsito Colônico

É um exame radiológico que permite a avaliação do tempo de trânsito intestinal, para pacientes com quadro de constipação severa. O indivíduo ingere uma cápsula contendo marcadores e realiza duas radiografias simples do abdome no quinto e sétimo dias após a ingestão da cápsula. O Serviço dispõe das cápsulas para fornecimento aos seus clientes.

Echodefecografia

A ecodefecografia consiste na avaliação dinâmica do movimento da evacuação utilizando-se um transdutor circular tridimensional de ultrassom.
O desenvolvimento da técnica em nosso meio possibilitou a avaliação dos distúrbios da defecação simultaneamente `a avaliação da musculatura esfincteriana.
O exame é indolor e o paciente necessita realizar um preparo retal com enema, para esvaziar a ampola retal.

Cinedefecografia

É o único exame que avalia a dinâmica da defecação, procedimento que permite o diagnóstico de várias anomalias da região ano-retal, como retoceles, invaginação interna, anismo, descida perineal excessiva, prolapso retal e sigmoidoceles.

Este exame é realizado com o auxílio de uma pasta-contraste de bário injetada no reto. O paciente permanece sentado em cadeira especial, semelhante a um vaso sanitário, enquanto o aparelho de radioscopia registra as imagens dos movimentos musculares da região ano-retal de forma dinâmica.

Defecorressonância

A defecorressonância ou ressonância magnética dinâmica é um exame dinâmico de toda a cavidade pélvica, permitindo a avaliação dos distúrbios do assoalho pélvico e prolapso de órgãos.
Tem como  vantagem a avaliação de todas  as estruturas ligamentares, musculares e os órgãos dos três compartimentos pélvicos de forma estática e dinâmica.
Juntamente com a defecografia e a ecodefecografia, permite a deteção de enteroceles, retoceles e invaginação retal.

Eletromiografia anal e Tempo de Latência dos Pudendos

A eletromiografia anal é o estudo neuroelétrico da musculatura do esfíncter que possibilita avaliar sua atividade mioelétrica (atividade elétrica do músculo anal) e a velocidade de condução do estímulo através do nervo pudendo. Estes exames são utilizados principalmente quando se suspeita de lesão do nervo pudendo ou lesão muscular com perda da atividade muscular.

Testes respiratórios para intolerãncia

Os testes respiratórios para a avaliação das intolerâncias alimentares fazem parte da investigação dos distúrbios que levam a formação excessiva de gases.

testerespiratorio

Através destes testes podemos avaliar as seguintes patologias:
  • Má Absorção de Lactose
  • Má Absorção de Frutose
  • Supercrescimento Bacteriano
  • Tempo de Trânsito Orocecal
  • Má Absorção de Sorbitol
  • Má Absorção de Sacarose
  • Teste de Absorção de Xylose