Vitaminas

O consumo de frutas, verduras e legumes é essencial para a saúde e qualidade de vida. Hábitos de vida saudáveis como uma dieta equilibrada, a realização de exercícios físicos e a redução do estresse melhoram o bem estar geral e aumentam a qualidade e expectativa de vida. As frutas, verduras e legumes são alimentos  ricos em vitaminas e minerais. Muitos estudos médicos tentam mostram a associação de consumo de frutas e a prevenção de algumas doenças cardiovasculares e câncer entre outras. O que temos de evidência recente é que, em relação ao acidente vascular cerebral, conhecido como derrame, o consumo diário de 3 porções de frutas é capaz de reduzir, em pelo menos 12 %, o risco de derrames cerebrais. É importante saber que é suficiente a quantidade de vitaminas presente nos alimentos, especialmente as frutas, para conseguirmos um benefício na saúde e na prevenção dessas e de outras doenças.

OS RISCOS DA COLONTERAPIA.   O QUE VC PRECISA SABER !

Um bom exemplo do que podemos classificar como risco associado à informação de qualidade ruim é a divulgação da colonterapia  ou hidrocolonterapia, lavagem do intestino grosso com o objetivo de “desintoxicar” e “reabilitar” o órgão, “melhorar” a imunidade e “prevenir” uma série de enfermidades. Uma rápida pesquisa no Google nos oferece aproximadamente 643 entradas para colonterapia; 936 para hidrocolonterapia e aproximadamente 19.500 para lavagem do intestino grosso. O problema é que não são disponibilizadas informações sobre os riscos inerentes a este método nada científico, o que deixa o leigo à mercê da sorte. Leia mais

Aleitamento  Materno e Risco Obesidade

Há muitos anos a OMS (organização mundial de saúde) recomenda-se amamentação exclusiva com leite materno até os 6 meses de vida. Na atualidade sabe-se que o aleitamento exclusivo, até os seis meses de vida, reduz o risco da criança desenvolver obesidade. Uma dieta saudável na infância reduz o risco de obesidade e doenças cardiovasculares na vida adulta. Um estudo publicado recentemente mostrou que as crianças que tiveram crescimento saudável intra-uterino, secundário a uma alimentação correta da mãe, nasceram com melhor peso, que a média das crianças, e que ainda tinham desempenho escolar melhor. Leia mais

Dicas para os Diabéticos

O diabetes melittus é uma doença endócrina caracterizada principalmente pelo aumento da glicose no sangue. Este aumento é secundário a uma produção anormal ou insuficiente de insulina pelo pâncreas, ou a uma resistência de sua ação. A insulina é o hormônio produzido no pâncreas e responsável, pela entrada da glicose para dentro das células. Na verdade a glicose para entrar na célula precisa da insulina como um “carreador”. Existem 2 tipos de diabetes, o tipo 1 em que há uma ausência da produção de insulina e o tipo 2 em que a ação da insulina esta prejudicada. Neste último caso a principal causa é o sobrepeso ou a obesidade. Leia mais

DESCONTROLE INTESTINAL EM CRIANÇAS

A perda do controle intestinal , pode ser encontrado também  na infância ! O distúrbio é conhecido como  megacólon psicogênico e  está geralmente associado a algum transtorno de ordem emocional, como traumas e fobias. O problema é caracterizado pela inibição do reflexo da evacuação, e o processo se inicia quando a criança retem a vontade de evacuar por medo de sentir dor ou por não querer interromper alguma atividade recreativa. Com o tempo, a criança perde a vontade de evacuar, formando grandes quantidades de fezes que levam a uma dilatação do reto e enfraquecimento dos músculos do ânus. Assim, a criança passa a sujar as roupas sem controle, gerando um grande transtorno para o convívio social e familiar. Leia mais

Perca o medo das hemorroidas

 Hemorróidas ou mamilos hemorroidários, são vasos ou coxins vasculares presentes no canal anal. Funcionam como “almofadinhas” revestindo o canal anal, permitindo que este se mantenha fechado, abrindo-se no momento da evacuação.

Todos nos nascemos com esta anatomia, ou seja, com estes vasos. Diferentemente do que muitos imaginam, as hemorroidas nao sao varizes. Varizes sao vasos venosos, enquanto as hemorroidas sao uma mistura de veias e artérias. Porem o componente mais importante destes vasos é o arterial, e , assim, quando ha o seu rompimento, o sangue que vemos tem cor bastante vermelha. Leia mais

Prevenção

Fique Atento!

O ato de comer é fundamental para uma nutrição adequada. Deste modo, uma dieta equilibrada deve ser diversificada e rica em todos os nutrientes: vitaminas, ferro, eletrólitos, proteínas e fibras.

O ideal é ingerir líquidos nos intervalos das refeições. Este hábito é muito importante para a hidratação e regularidade do ritmo intestinal. Beba, no mínimo, dois litros de líquidos por dia.

Alguns pacientes podem ter doenças que exijam alguma restrição alimentar – obesos, diabéticos, hipertensos e portadores de doenças renais crônicas são exemplos. As restrições de determinados alimentos como açúcar, sal, gorduras, quando necessárias, devem seguir orientação de médicos ou nutricionistas. Leia mais

Prisão de ventre

Cerca de 90% dos casos de prisão de ventre são caracterizados pelos maus hábitos de vida, que incluem alimentação inadequada, sedentarismo, pouca ingestão de água, fibra, além do estresse.

A primeira providência para melhorar o funcionamento intestinal é mudar os hábitos alimentares. É importante ingerir de 25 a 35 gramas de fibras ao dia. O consumo de água também é muito importante, já que o líquido contribui para formação do bolo fecal. O correto é consumir pelo menos oito copos de água por dia.

E lembre-se: praticar atividade física contribui para o funcionamento intestinal, principalmente, quando os exercícios trabalham a região abdominal. Se você sofre de prisão de vente, procure melhorar os hábitos de vida. Realize refeições com frutas, verduras e legumes, e faça atividades físicas. Se após um mês ainda não perceber mudança significativa, procure um médico.

Fibras

As fibras alimentares são as porções comestíveis de plantas ou carboidratos resistentes à digestão e absorção no intestino delgado, que passam por um processo de fermentação completa ou parcial no intestino grosso dos seres humanos. As ações fisiológicas benéficas das fibras no organismo são: melhoram os níveis de glicose e do colesterol no sangue além de regularem a função intestinal. As fibras alimentares têm diferentes características quanto a sua ação no organismo. A celulose, fibra solúvel, presente nas frutas com cascas, farelo de trigo, feijão, verduras, milho verde, soja entre outros, apresentam um efeito de reter água nas fezes, aumentar o volume das fezes, favorece o peristaltismo do cólon aumentando o número de evacuações e consequentemente reduz a pressão dentro da luz intestinal. A hemicelulose, fibra insolúvel, presente no gérmen de trigo, milho verde, amendoim também apresenta os mesmos efeitos sobre o intestino citados anteriormente. A lignina, fibra insolúvel encontrada no farelo de trigo, verduras tem papel de fixação dos ácidos biliares sendo pouco fermentável.